As faculdades estão expulsando alunos que postam comentários racistas online

Principal Vida E Cultura

Aviso: o texto a seguir contém relatos de linguagem racista e depreciativa





Em todo o mundo, os manifestantes do Black Lives Matter estão tomando as ruas em protesto contra a brutalidade policial e o racismo sistêmico, provocados pelo assassinato de George Floyd nas mãos de Derek Chauvin na semana passada. Agora, as universidades começaram a repreender e expulsar estudantes por postagens racistas em resposta aos protestos em andamento nas redes sociais.

No início desta semana, o Arizona Christian University Firestorm retirou a admissão de um estudante branco em potencial, que postou uma selfie no Instagram com a legenda: Honestamente, todo mundo precisa apenas STFU sobre o cara que morreu. Siga a maldita lei e não haverá problemas. Se você não concordar comigo, eu não dou a mínima, mas tudo o que você disser não mudará minha mente. Ele não era inocente, ele estava fazendo algo ilegal. Meu policial favorito sempre será o fim da história de Brandenburg. Também Trump 2020. Pode muito bem irritar todo mundo.



A postagem foi compartilhada com a instituição por um usuário anônimo do Instagram e, pouco depois, a universidade divulgou um comunicado que dizia: Ontem à tarde, ficamos sabendo que um aluno em potencial postou comentários públicos que são ofensivos, ofensivos e violam os padrões de nossa comunidade . Depois que uma investigação interna confirmou esses fatos, a oferta de bolsa de estudos e a oferta de admissão desse aluno em potencial foram imediatamente rescindidas.



Da mesma forma, um usuário no Twitter compartilhou um vídeo de dois estudantes brancos na Universidade do Missouri zombando da morte de Floyd em um vídeo do Snapchat, com a legenda Aw (nome) não consigo respirar. Nele, uma garota está ajoelhada sobre outra, que grita que não consegue respirar, antes que ambas caiam na gargalhada. A Universidade de Missouri respondeu ao tweet, dizendo: Obrigado por nos informar. Estamos cientes do vídeo e enviamos os detalhes aos escritórios apropriados.